sexta-feira, 6 de abril de 2012

Old, But Gold #1

Esse ano a indústria da música perdeu uma grande estrela: Whitney Houston. Sensacionalismo à parte (não interessa a real causa de sua morte), ela foi uma maravilhosa cantora, com uma das vozes mais marcantes de todos os tempos.
Resolvi fugir do óbvio, por isso não vou postar a música feminina mais bem-sucedida de todos os tempos, a incrível I Will Always Love You. Escolhi compartilhar uma outra, um sucesso inegável, onde a voz da diva é de extrema importância para definir o tom da música. Abrindo a série de Old, But Gold, resgato The Greatest Love Of All.



"Aprender a amar a si mesmo, esse é o maior amor de todos."

Um comentário:

  1. Old but Gold!!kkkkkkkkkk AMEEEIII!! isso é mais 18 quilates...arrasou!

    ResponderExcluir